Afinal de contas, o que é Marketing de Conteúdo?


A busca pelo bom posicionamento nas ferramentas de busca e, consequentemente, o aumento das vendas é o objetivo de 99,9% dos empresários brasileiros. Não é atoa que muitas empresas já investem nas estratégias de Marketing de Conteúdo.

Segundo dados divulgados pela Content Trends, pesquisa realizada pela empresa brasileira Rock Content, cerca de 70% das empresas no Brasil já utilizam as estratégias de Marketing de Conteúdo.

Se você nunca ouviu falar sobre essa estratégia ou simplesmente não entendeu muito bem lendo outros conteúdos na internet, está no lugar certo.

Aqui explicamos detalhadamente o que é essa estratégia, qual o passo a passo, o que as empresas perdem em não investir e como colocá-la em ação.

Então, chega de papo e vamos logo ao que interessa!

O que é Marketing de Conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma estratégia utilizada para distribuir conteúdos relevantes para os clientes, de modo que eles passem a perceber os seus problemas e como devem proceder para solucioná-los.

Através dos conteúdos relevantes as empresas conseguem atrair e reter uma audiência para que, no futuro, consigam fechar vendas e aumentar o faturamento. E o mais incrível é que essa solução funciona para pequenas, médias e grandes empresas.

Todos resultados dependerão de como as campanhas serão conduzidas. Se os principais passos do marketing de conteúdo for seguidos, pode ter certeza que os resultados serão os melhores possíveis, tanto de engajamento como de faturamento.

Etapas do Marketing de Conteúdo

Como falamos anteriormente, para fazer marketing de conteúdo da melhor forma possível é necessário seguir um passo a passo, que está constituído em 4 etapas: descobrir, planejar, publicar e distribuir.

Descobrir: nessa etapa é necessário pesquisar sobre a sua persona, ou seja, os potenciais clientes da sua empresa, que realmente podem se interessar pelos produtos ou serviços que serão disponibilizados.

Planejar: a sua audiência são os potenciais clientes, portanto, nessa etapa você deve planejar os conteúdos que essa audiência teria interesse em ler.

Publicar: Cada estágio do funil de vendas deve ter conteúdos específicos. Portanto, é necessário publicar artigos e materiais relevantes para cada etapa.

Distribuir: Após feito a publicação, chegou a hora de escolher os canais certos para divulgar os conteúdos. Além disso, também é importante saber o momento certo para que essa divulgação traga os resultados esperados.

O que a minha empresa perde por não investir em Marketing de Conteúdo?

Se você ainda não investe em marketing de conteúdo, pode ter certeza que o erro é seu, e não dos 70% das empresas brasileiras que investem e alcançam excelentes resultados com essa estratégia.

Não investindo em marketing de conteúdo sua empresa perde posicionamento na internet, autoridade, aquisição dos potenciais clientes e vendas. Explicamos as consequências dessas perdas abaixo:

#1 Posicionamento na internet

Se você fosse finalizar uma compra hoje, pesquisaria na internet antes? A maioria das pessoas responderia sim para essa pergunta. E essa é a pura realidade do novo perfil de consumidor.

As pessoas têm milhões de possibilidades com a internet, recebem diversas propagandas e promoções diariamente em seus e-mails e são impactadas por publicidade em sites, blogs e redes sociais.

Isso faz com que as pesquisas no Google, por exemplo, aumentem drasticamente. Então, nada melhor para sua empresa do que um bom posicionamento nas ferramentas de busca, não é? É exatamente isso que a sua empresa perde ao não investir em marketing de conteúdo.

Portanto, se você tem como objetivo aumentar o posicionamento da sua empresa na internet, saiba que investir nas estratégias de marketing de conteúdo é o passo principal para que você alcance os potenciais clientes organicamente, ou seja, sem pagar por isso.

#2 Autoridade

Conquistar autoridade não é uma tarefa fácil, mas quando uma empresa consegue, pode ter certeza que os resultados nunca mais serão os mesmos. Isso porque quem é autoridade no assunto ganha o respeito e a credibilidade do público.

Imagine se a sua empresa tivesse autoridade a ponto de toda a audiência pesquisar no seu site antes de finalizar uma compra. Seria uma maravilha, não é mesmo? Pois então, essa também é uma grande perda que a sua empresa tem ao não investir em marketing de conteúdo.

Convenhamos, essas duas perdas já fariam você se interessar por marketing de conteúdo. Mas, se não, pode ficar tranquilo, pois não para por aí. As empresas que não investem nas estratégias de conteúdo ainda tem duas ausências.

#3 Aquisição dos potenciais clientes

Através do marketing de conteúdo sua empresa publicará os conteúdos certos, para as pessoas certas e no momento certo. Isso significa que a aquisição de clientes será muito mais dinâmica e fácil para os vendedores.

O vendedor não precisará oferecer tudo para o cliente e explicar detalhadamente os processos para fechar uma venda, pois o mesmo já estará devidamente informado pelos conteúdos do blog.

Além disso, utilizando as estratégias de marketing de conteúdo não é a sua empresa que vai até o cliente, e sim o cliente que procura a sua empresa. Portanto, se  seu objetivo é atrair novos clientes, invista em marketing de conteúdo.

#4 Vendas

Uma consequência de todas as estratégias de marketing de conteúdo são as vendas. Nenhuma empresa vai para frente se não vende, portanto, digamos que essa é a fundamental e a que mais atrai os empresários.

Quando uma empresa oferece conteúdos relevantes para o seu público, tem um bom posicionamento na internet, é autoridade no assunto e consegue atrair novos potenciais clientes, o aumento das vendas é uma consequência normal.

Isso significa que, não investindo em marketing de conteúdo, além de perder posicionamento nas ferramentas de busca, autoridade e aquisição de clientes, sua empresa também perde vendas. Esse não é o seu objetivo, estamos certos disso.

Como fazer Marketing de Conteúdo?

Agora que você já entendeu o que é marketing de conteúdo, quais são suas principais etapas e porque sua empresa não deve deixar de investir na estratégia, podemos explicar qual a melhor forma de colocar em prática. Confira!

#1 Produza conteúdos para blog

Os conteúdos do blog são o ponto principal para uma estratégia de conteúdo duradoura e eficiente. Isso porque é através deles que as personas terão conhecimento do assunto e, assim, interesse na solução.

O blog deve seguir as etapas do funil de vendas: topo, meio e fundo. Para isso, os conteúdos devem ser escritos de forma diferente, respeitando as etapas e também o entendimento dos potenciais clientes sobre o assunto.

Por exemplo, se você é dono de uma agência de intercâmbio e quer investir em marketing de conteúdo, é indispensável começar pela etapa de atração. Neste caso, títulos ideais para os conteúdos seriam:

  • Os (x) benefícios de fazer um intercâmbio?

  • (x) países favoritos dos intercambistas

  • Dicas imperdíveis para organizar sua mala de intercâmbio

Após a atração chega o momento de consideração, ou seja, o cliente já entende sobre o assunto e está pronto para descer no funil de vendas. O ideal para essa etapa é criar conteúdos relacionados com os serviços que a sua agência disponibiliza, por exemplo:

  • Por que contratar uma agência de viagens para cuidar do intercâmbio?

  • (x) erros comuns ao planejar um intercâmbio

  • Intercâmbio: por que escolher a Austrália?

Nos conteúdos de consideração, por tratarem do assunto de uma forma mais direta, o Call To Action também pode ser mais direto, como, por exemplo, convidar o leitor para conhecer melhor os serviços disponibilizados pela agência de intercâmbio.

Exemplo de CTA: Gostou dos motivos pelos quais você deve contratar uma agência de intercâmbio? Então, não perca tempo, pois podemos proporcionar a melhor experiência para você!

#2 Publique vídeos

O vídeo também é uma ótima ferramenta utilizada no marketing de conteúdo para atrair e converter os potenciais clientes. Isso porque muita gente não tem tempo para parar e ler um conteúdo, e acabam optando por assistir um vídeo.

Além disso, o vídeo é o formato que mais vem utilizado nos dias de hoje, justamente por esse gosto das pessoas por coisas rápidas e práticas.

Também é importante ressaltar que o vídeo humaniza as açõs, tendo em vista que em um conteúdo escrito a pessoa não tem contato direto com o redator.

No vídeo é exatamente o contrário. Você estará frente a frente com a pessoa que está dando as dicas ou explicando sobre determinado assunto. Mas, vale lembrar que um formato não elimina o outro. O ideal é investir em todas as estratégias de marketing de conteúdo.

#3 Crie materiais ricos

Os materiais ricos são aqueles que trazem informações mais detalhadas e aprofundadas sobre determinado assunto, como é o caso do eBook, do infográfico e do webinar, por exemplo.

Esses que citamos, na verdade, são os 3 principais e mais utilizados entre as empresas brasileiras para prospectar novos clientes. Mas, não pense que produzir um material rico é fácil, pois não é.

Para ter informações aprofundadas sobre determinado assunto é necessário muita pesquisa e entendimento do assunto por parte do redator responsável pela produção. Além disso, para produzir um material rico é preciso seguir as seguintes dicas:

  • Pesquise bastante até você entender sobre o assunto que vai escrever;

  • Conheça os potenciais clientes da sua empresa, ou seja, suas personas;

  • Elabore um índice e uma boa estrutura para o material, de modo que a persona fique ainda mais interessada;

  • Revise o material várias vezes depois de escrever. Erros de português e afirmações sem embasamento podem prejudicar a credibilidade da sua marca;

  • Se mencionar alguma pesquisa, trate de colocar a referência no material.

#4 Invista nas Redes Sociais

Quem investe em marketing de conteúdo não pode ignorar as redes sociais, sabe por quê? É um ótimo lugar para divulgar os conteúdos e também os materiais ricos para os potenciais clientes.

O facebook hoje em dia está com o alcance orgânico cada vez menor, porém, o alcance pago através do Facebook Ads está crescendo. Portanto, investindo um valor significativamente baixo já ajuda bastante para que os conteúdos produzidos pela sua empresa alcancem os potenciais clientes.

Claro que tudo isso dependerá das condições da sua empresa no momento. Mas, saiba que de qualquer forma o investimento nas redes sociais é válido. Até mesmo para ver o feedback dos usuários sobre os conteúdos que estão sendo produzidos.

Para você entender a importância das redes sociais, separamos algumas razões para você investir no Facebook, Instagram, Twitter, WhatsApp e LinkedIn:

  • As redes sociais ajudam empresas a gerar tráfego para o site;

  • As pessoas podem compartilhar os seus conteúdo nas redes sociais e, assim, gerar um ótimo engajamento à sua marca;

  • O seu público está presente nas redes sociais;

  • Através das redes sociais você pode esclarecer dúvidas e receber feedbacks dos potenciais clientes;

  • As redes sociais são um complemento necessário para todas as estratégias de marketing de conteúdo.

#5 Contrate uma agência especializada no assunto

O último passo para fazer marketing de conteúdo da forma correta é contratar uma agência especializada no assunto, pois as estratégias são complexas e na maioria das vezes requerem profissionais que entendem e conseguem aplicá-las da melhor forma possível.

Se você quer alcançar os resultados que apresentamos através do marketing de conteúdo, invista em uma agência especializada no assunto. Pode ter certeza que esse não será um custo para sua empresa, pois trará resultados ainda maiores.

Quer conhecer uma agência especializada em marketing de conteúdo e que pode ajudar sua empresa na transformação digital? Então, entre em contato com a gente.

CONTATO

ATENDIMENTO

Seg - Sex: 9:00 - 18:00

CONTATO

© 2016 - 2020 por Agência Conectados